Centro de Estudos de Política e Economia do Setor Público (Cepesp)

Coordenador: Prof. George Avelino Filho

Para conhecer o site do CEPESP clique aqui.

O Centro de Estudos de Política e Economia do Setor Público CEPESP foi criado em 2006, sendo o primeiro centro interescolar da FGV SP. Os professores responsáveis pelo Centro são os seguintes: Paulo Arvate, George Avelino, Ciro Biderman e Nelson Marconi, pela FGV/EAESP; e Enlinson Matos e Carlos Pereira, pela FGV/EESP.

As pesquisas do CEPESP privilegiam a relação entre a política e a economia na compreensão das restrições e potencialidades das políticas públicas nos três níveis de governo (Federação, Estados e Municípios). Em geral, as pesquisas visam aferir a influência exercida pelas instituições (num sentido amplo) sobre as decisões de políticas públicas. A escala de análise varia muito, assim como as instituições estudadas, porém a questão original permanece. Por exemplo, é bem diferente estudar a relação entre os sistemas partidários dos estados e suas decisões de alocação orçamentária ou a relação entre o sistema tributário dos estados e o bem-estar da federação. Entretanto, em ambos os casos, alguma instituição está influenciando as decisões sobre as políticas públicas.

Dentre as pesquisas desenvolvidas recentemente pelo CEPESP, podem ser destacadas a relação entre as transferências intergovernamentais e os diferenciais de salários entre os setores público e privado nos estados brasileiros; as estratégias eleitorais dos deputados paulistas; a influência dos partidos políticos nos gastos públicos estaduais;  a gestão municipal dos recursos transferidos pelo governo federal, os impactos econômicos da implantação do Rodoanel, etc.

O programa é composto por três linhas de pesquisa individuais e quatro coletivas: A primeira reúne os trabalhos de Arvate e Avelino, a seguinte os trabalhos de Arvate e Biderman enquanto a terceira linha reúne os trabalhos de Avelino e Biderman.

Rua Itapeva, 474 - 12° andar- CEP 01332-000 - São Paulo - SP - Brasil
Contatos: Telefone 55 (011) 3799-3373 ou envie um e-mail.